Foi publicada na passada sexta-feira, dia 9 de julho, a Portaria que define os requisitos de candidatura ao ensino superior para emigrantes portugueses, familiares que com eles residam e lusodescendentes, no âmbito do programa Estudar e Investigar em Portugal.
Esta portaria alarga aos lusodescendentes a possibilidade de acesso às instituições de ensino superior através do continente especial para emigrantes e familiares que com eles residam, que reserva 7% das vagas do concurso nacional de acesso.

Para mais informações, consulte a Portaria nº 142-A/2021 de 8 de Julho e a página da Direção-Geral do Ensino Superior

 

  • Partilhe